Fale Conosco
  • location_on

Deixe sua Mensagem

Bares e Restaurantes | Como economizar com impostos

Restaurante - Contabilidade em Guarulhos - SP | Aliança Contabilidade - Bares e Restaurantes | Como economizar com impostos

O setor de alimentação fora de casa cresce a cada dia, entretanto é necessário um bom planejamento e constante capacitação.

 

Todos nós sabemos que existe uma grande complexidade na legislação brasileira, sobretudo no que diz respeito aos tributos e normas para quem quer manter sua empresa regularizada.

Para quem empreende no ramo de alimentação fora de casa, como por exemplo, bares, lanchonetes, restaurantes e pizzarias precisa estar atento às normas do setor. Existem muitas particularidades para este ramo e algumas delas podem beneficiar muito o empresário.

Alguns dos produtos comercializados por esses estabelecimentos estão sujeitos ao regime de substituição tributária do ICMS. Este permite abater uma parcela na base de cálculo do imposto. O que a grande maioria dos empresários desse ramo desconhece é que além do ICMS, também pode ser descontado uma parcela referente ao PIS e COFINS, por conta do regime monofásico.

 

Regime monofásico, o que é:

O regime monofásico de PIS/COFINS atribui a responsabilidade de recolhimento desses tributos somente a um contribuinte, geralmente indústrias e importadores. Por conta disto os demais integrantes da cadeia ficam isentos do recolhimento de Pis e Cofins sobre alguns produtos especificados pela legislação.

Produtos sujeitos ao Regime Monofásico de PIS e COFINS:

  • bebidas frias – água mineral, refrigerantes, isotônicos/energéticos, cervejas;
  • produtos de higiene pessoal, farmacêuticos e de perfumaria;
  • combustíveis;
  • gás de cozinha;
  • autopeças.

Muitos bares e restaurantes comercializam boa parte desses produtos e por isso os empresários devem ficar atentos pois podem estar pagando mais impostos do que é necessário.

Você não sabia disso e deixou de aproveitar desse benefício?

Isto é algo muito comum. Mas fique tranquilo, você poderá recuperar os valores dos últimos 5 anos.

 

Recuperação do benefício não aproveitado

O processo requer uma análise detalhada de todas as operações que envolvam estes produtos. Portanto, é fundamental contar com um profissional que entenda bem do assunto.

Aproveitar os benefícios é uma ótima opção para economizar, além de possibilitar o investimento em outras partes do empreendimento. Mas é necessário que seja feito com segurança e sem correr risco de fazer algo indevido ou até mesmo deixar passar algum crédito.

A recuperação pode ser feita por meio de devolução do dinheiro ou por compensação, que poderá ser feita com os tributos futuros.

Converse conosco para entender melhor como podemos te ajudar.

 

Siga nossas redes sociais

Instagram, Facebook e LinkedIn

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Recomendado só para você!
Aconteceu com quase todos nós em algum momento: sabe aquele…